sábado, 31 de dezembro de 2016

Os melhores discos de 2016

Caramba, já? É isso aí galera, acabou mais um ano e lá vai eu com a minha listinha tosca dos melhores discos de 2016. Sim, eu sei que você está lendo e pensando "nossa, isso é irrelevante, quem faz isso ainda?", e a resposta é EU FAÇO. Em um ano em que praticamente todas as listas colocam Beyonce (nada contra, afinal a mina é muito talentosa mesmo) no topo de lista, acho legal um alienado como eu fazer algum top 10 simplesmente indo contra a maré. Ou não, sei lá, foda-se. Agora vamos lá e confira os meus melhores discos de 2016. Espero que gostem e até o ano que vem! :)


1. King Gizzard & the Lizard Wizard - Nonagon Infinity (ATO)


Quando ia colocar play nesse disco já aguardava um som meio anos 60, meio pop psicodélico, como no disco anterior do grupo (Paper Mâché Dream Balloon, de 2015), mas PUTA QUE PARIU, que paulada. O álbum é um loop infinito de punk psicodélico em altíssima potência, com uma música melhor que a outra. Parece uma música só, mas é um ultra combo de 220 volts do melhor do rock'n'roll.

Ouça: 



2. Danny Brown - Atrocity Exhibition (Warp)


Sério velho, foda-se Kanye West, esse disco é uma das coisas mais absurdas do hip-hop. Outro disco fora do esquemão mega produzido do rap americano que veio para estourar minha mente. Um disco denso, experimental e brilhante, onde Brown leva o estilo para outro patamar. Perfeito.

Ouça:

3. Kvelertak - Nattersferd (Roadrunner)



Rapaz, que disco espetacular. Esse é um daqueles discos responsáveis por me fazer gostar de metal mesmo depois dos 30 (risos). Tem de tudo aqui: metal com referências de hardcore/punk, NWOBHM, AOR (!!!), Black Metal, Prog Rock, southern rock. E quer saber? Tudo faz sentido nessa mistura doida.

Ouça: Bersekr


4. Iggy Pop - Post Pop Depression (Loma Vista)


Quando ouvi que o Josh Homme, do Queens of the Stone Age, ia fazer um disco com o Iggy Pop, eu pensei "será um novo Raw Power?" Para minha surpresa, a resposta foi não. O disco não tem nada a ver com o Stooges e nem com o QOTSA. E isso para mim foi bem legal. Post Pop Depression tem mais a ver com o The Idiot, Kill City, Lust for Life, do que com a época furiosa de Detroit.

Ouça:



5. Childish Gambino - "Awaken, My Love!" (Glassnote)


Conhecia muito pouco a carreira musical do Donald Glover (que era o Troy do Community e vai ser o Lando Calrissian no próximo Star Wars) e me surpreendi demais com esse disco. Soul, R&B e rock psicodélico, tudo na medida certa. Aquele disco certeiro que chegou quietinho e virou seu favorito meio que na surpresa.

Ouça: Have Some Love


6. Whores. - Gold (eONE)



Se o Helmet se juntasse com o Unsane, o Whores. seria o resultado musical dessa parceria. Riffs maravilhosos, metal alternativo anos 90, gritaria, noise, só que muito mais pesado e empolgante. Brutalmente honesto e simples, porém com uma inegável qualidade.

Ouça:

7. DeFalla - Monstro (Deck)




Esses retornos de bandas são sempre complicados. Algumas voltas geram discos ruins, mas em alguns casos, lançam discos perfeitos, como é o caso do DeFalla, que não lançava um álbum de estúdio de 2002. Edu K e sua "tchurma" voltam inspirados com um som que pega referências de rock alternativo, funk metal, post-punk, rock psicodélico e outras variantes. Simplesmente sensacional.


Ouça:

8. Summerlands - Summerlands (Relapse)




Não imaginei ser fisgado por esse disco. Eu nunca fui chegado nessa sonoridade heavy metal/hard rock dos anos 80, mas esse álbum é especialmente incrível. Bons refrões, instrumental perfeito e sem o exagero do estilo. As músicas ficam na sua cabeça por um bom tempo de tão "catchy" que são.


Ouça:

9. Ghoul - Dungeon Bastards (Tankcrimes)



Caralho, que desgraça bruta isso aqui. Não se engane com o visual comédia mascarado dos caras, esse grupo faz o crème de la crème da música extrema, com muito death metal, crossover thrash e grindcore, tudo com uma produção suja e punk, o que deixa o álbum mais perfeito ainda. Impossível não se empolgar com esse disco.

Ouça:

10. Devin Townsend Project - Transcendence (HevyDevy)


O Devin Townsend (ex-Steve Vai, ex-Strapping Young Lad) é um dos caras mais originais do metal e é conhecido como o Frank Zappa do estilo. Esse é um disco mais mais sereno, mais melódico, mas nem por isso menos pesado. Complexo, desafiador, catártico, esse álbum coloca o artista em uma nova fase e fico curioso para ouvir o próximo material dele.  

Ouça: Failure


Menções honrosas:

Voivod - Post Society
Anthrax - For All Kings
New Keepers of the Water Towes - Infernal Machine
Gadget - The Great Destroyer
Kendrick Lamar - untitled unmastered.
Rotten Sound - Abuse To Suffer
Martÿrdod - List
Kanye West - The Life of Pablo
Anaal Nathrakh - The Whole Of The Law
Underworld - Barbara Barbara, we face a shinning future
Bruno Mars - 24K Magic
Aluk Todolo - Voix
Sheer Mag - III
Shit Robot - What Follows
Motorpsycho - Here Be Monster
Moderat - III
Youth Code - Commitment To Complications
Oathbreaker - Rheia
Bloodiest - Bloodiest
De La Soul - And the Anonymous Nobody...
Conan - Revengeance
Victims - Siren
Melvins - Basses Loaded
Church of Misery - And Then There Were None...
Czarface - A Fistful of Peril
Charles Bradley - Changes
Discharge - End of Days
SBTRKT - Save Yourself
Opeth - Sorceress
Oranssi Pazuzu - Värähtelijä
PJ Harvey - The Hope Six Demolition Project
The Field - The Follower
Everytime I Die - Low Teens
Black Mountain - IV
David Bowie - Blackstar
Vermin Womb - Decline
Meshuggah - The Violent Sleep of Reason
Fat White Family - Songs for Our Mothers
Death Grips - Bottomless Pit
A B I S M O - all beyond perception
Lemon Demon - Spirit Phone
Agoraphobic Nosebleed - Arc
Inter Arma - Paradise Gallows
Sumac - What One Become
UXO - UXO
Pixies - Head Carrier
King Dude - Sex
Justice - Woman
Michael Kiwanuka - Love & Hate
Testament - Brotherhood of the  Snake
DJ Shadow - The Mountain Will Fall
Angel Du$t - Rock The Fuck On Forever
Virus - Memento Collider
Savages - Adore Life
Nails - You Will Never Be One Of Us
Magrudergrind - II
Dinosaur Jr. - Give A Glimpse Of What Yer Not
Deftones - Gore
Electric Eye - Different Sun
Brant Bjork - The Tao of The Devil
Rashid - A Coragem da Luz
Gojira - Magma
Abbath - Abbath
Sabotage - Sabotage
Adolescents - Manifest Destiny
Aesop Rock - The Impossible Kid
Meek is Murder - Was
Submerged - After Such Knowledge, What Forgiveness?
Jeff The Brotherhood - Zone
Brain Tentacles - Brain Tentacles


Nenhum comentário:

Postar um comentário